O que é um Fundo de Pensões?

Um Fundo de Pensões é um património autónomo exclusivamente afeto à realização de um ou mais planos de pensões.

O que é um Fundo de Pensões Fechado?

Os Fundos de Pensões Fechados são patrimónios afetos ao financiamento do plano de pensões de apenas um associado ou de vários associados mas com vínculo empresarial entre si. A sua constituição é da iniciativa de uma ou de várias empresas, de uma associação ou grupo de associações. A SGF gere atualmente os seguintes Fundos de Pensões Fechados:

– Fundo de Pensões CAIXA DE CRÉDITO AGRÍCOLA DA CHAMUSCA

– Fundo de Pensões CIN

– Fundo de Pensões ECM

– Fundo de Pensões EUROESPUMA

– Fundo de Pensões OREY ANTUNES

– Fundo de Pensões SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA

– Fundo de Pensões SINDICATO NACIONAL DOS QUADROS E TÉCNICOS BANCÁRIOS

– Fundo de Pensões SOLVAY

– Fundo de Pensões UNA SEGUROS

O que é um Fundo de Pensões Aberto?

Os Fundos de Pensões Abertos são patrimónios que financiam os planos de pensões de vários aderentes sem ligação entre si, sendo que uma nova adesão apenas depende da aceitação da Entidade Gestora, por cuja iniciativa foi constituído o Fundo.

Posso investir em mais do que um PPR?

Sim, a SGF coloca à sua disposição uma gama completa de soluções de poupança com total flexibilidade e solidez, adequadas aos mais diversos perfis de investimento.
Em função das suas necessidades ou objetivos poderá constituir tantos PPR quantos entender em seu nome, ou em benefício de outrem.  

Há um montante mínimo de subscrição?
 

Apenas no caso de pretender efetuar entregas programadas, pelo Sistema de Débito Direto em conta é que existe um montante mínimo de 50€ por entrega, podendo a periodicidade da entrega ser mensal, trimestral, semestral ou anual. 

Como posso subscrever um PPR junto da SGF?

Para subscrever um PPR com a SGF basta preencher a Proposta de Subscrição do(s) Fundo(s) que pretende subscrever, e juntar os documentos solicitados no verso da mesma. Para além disso, necessitamos da identificação do seu Perfil de Investidor. Ligue para o nosso número de apoio 808 202 702 e indicaremos a forma mais rápida de começar a poupar.

Qual o PPR mais indicado para mim?

Na escolha do seu PPR deverá ter sempre em conta os seguintes factores:
– O horizonte temporal do investimento;

– A sua idade, ou seja, o período de tempo que decorrerá desde a subscrição até à utilização do capital acumulado;

– O seu perfil de investidor, ou seja, maior ou menor capacidade de aceitar a volatilidade (variações positivas e negativas), sempre numa ótica de investimento de médio-longo prazo. 

A SGF encontra-se disponível para efetuar um diagnóstico da sua Poupança/Situação patrimonial, sem encargos, facilitando-lhe a escolha. 

Como posso acompanhar a evolução do meu PPR?

Mensalmente a SGF envia a todos os participantes o seu Extrato de Conta onde constam todos os movimentos (reforços e/ou resgates) assim como o valor de cada Fundo no final do mês.

O valor da unidade de participação é publicado em vários jornais diários, Jornal de Negócios, Diário Económico e Semanário Económico, podendo ser consultado no nosso site o valor da última Unidade de Participação apurado.

Posso mudar a minha opção de PPR?

Independentemente do PPR que constituiu a sua escolha inicial, poderá em qualquer momento optar por outra solução de Poupança da SGF, através de uma transferência entre fundos, no qual parte ou a totalidade do histórico de entregas é transferido para o PPR que escolheu.
Para além dos documentos referidos na FAQ “Como posso subscrever o PPR junto da SGF?”, será ainda necessário preencher a respetiva carta de transferência interna.